Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



   Sendo mulher, e sentindo-me ainda nos dias de hoje descriminado a nível laboral por ser mulher resolvi pesquisar como e quando começou a ser comemorado este dia e porquê.

 

 Reza a história como sendo um mito, por não ter sido provado que realmente aconteceu.

 

 As operárias de uma fábrica de têxteis em Nova Iorque, no ano de 1857 a 8 de Março, revoltadas com as condições de trabalho, fizeram greve e ocuparam a fábrica onde laboravam e manisfestaram-se contra os salários baixos, o excesso de horas de trabalho, e as más condições da fábrica.

Durante essa ocupação, os patrões incendiaram a fábrica, o que deu origem a um incêndio que causou a morte a 129 manifestantes.

 

Já em Portugal, muito mais tarde, em 1974, o que impulsionou as mulheres a começar a usufruir de alguns direitos como cidadãs, foi a luta pela Implantação da República, que levou à queda do regime fascista e contou com a ajuda preciosa das mulheres.

 

Mas o que é certo é que até aos dias de hoje, as mulheres continuam sem terem os mesmos direitos e a serem tratadas de maneira diferente em relação aos homens.

 

Pergunto-me porquê?

As mulheres são mães, esposas, trabalhadoras, donas de casa, etc.

Acumulam mil e uma funções e a sairem-se quase sempre bem em todas elas.

 

Mas, quanto a mim o direito mais importante adquirido pelas mulheres foi a LIBERDADE.

A mulher já não é só esposa e mãe como acontecia, agora goza de uma liberdade que lhe permite fazer escolhas.


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D