Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Pão pão, Queijo queijo

por mimi, em 25.03.09

Para mim as coisas só funcionam assim. Não me servem respostas dúbias. Gosto que me respondam com clareza, para não haver lugar a mal entendidos.

 

Quando pergunto a alguém se não há problema de o meu R. esperar ali um pouco, no mínimo espero uma resposta directa. Quando isso não acontece, não recebemos qualquer resposta porque a pessoa em causa brinca sobre qualquer coisa com o R. e retira-se, eu deduzo que a resposta será negativa.

 

Quando pergunto à avó dos meus filhos se não se importa de ficar com eles de sábado para domingo e recebo como resposta um sorriso e mudança de assunto, deduzo que não seja muito do agrado ficar com eles, embora desde que o meu R. nasceu e já lá vão 12 anos, ficou lá uma vez sozinho e outra já com o irmão á cerca de 6 meses.

 

Eu sei que os avós os adoram, mas também sei que especialmente a avó entra em stress com eles, embora sejam crianças que não dão trabalho e o mais novo tendo o irmão não chateia ninguém.

 

Mas fico um bocadinho sentida, porque nunca lhes peço nada, e esperava outra reacção.

 

Agora não sei o que faça. O mais certo é alterar os nossos planos. Queria aproveitar o facto do marido ter que ir a Lisboa no Domingo de manhã cedo para ir com ele, para podermos também aproveitar e passearmos um pouco, enfim ficarmos sozinhos, namorarmos, porque ultimamente as oportunidades são tão poucas e acho que faz falta a qualquer casal.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Cloudy a 25.03.2009 às 14:52

Como eu te compreendo... Também destesto meias palavras, meias respostas, risos forçados. E realmente, leva-se uma tal vida que já sem filhos as oportunidades de namoro são poucas, que fará com eles...
Imagem de perfil

De mimi a 27.03.2009 às 10:55

É verdade. Mas eu preferia uma resposta negativa do que assim.

Bjs
Sem imagem de perfil

De Bichana a 25.03.2009 às 15:57

As sogrinhas não gostam de facilitar a vida à noras, certo??
Se eu fosse a ti insistia até receber uma resposta directa, e de preferência positiva!
Boa sorte.
Bjnhos
Imagem de perfil

De mimi a 27.03.2009 às 10:56

O pior é que não se trata da sogra.
Acho que vou alterar os meus planos e vou levá-los conosco.

Bjs
Sem imagem de perfil

De susu a 25.03.2009 às 19:05

Concordo com Bichana e mais, acho que se calhar é isso o problema. É que não estão habituados a isso. De certeza que se ficassem com eles mais vezes, acabavam por não custar nada de o fazer.

E com o tempo, de gostar muito disso ;) . Porque temos um ditado em França que diga " longe dos olhos longe do coração". Então só basta é quebra esta "distancia" ;)

Bjs
Imagem de perfil

De mimi a 27.03.2009 às 10:58

Eles visitam os avós todas as semanas e quando não somos nós a ir lá, eles vêm a nossa casa.
Mas realmente eu tento evitar estar a pedir estas coisas. Se calhar faço mal, não sei.

Bjs
Sem imagem de perfil

De consegui a 26.03.2009 às 14:16

Como eu te compreendo!!! Em vez de pedir directamente , uso a tática do queixume - a ver se a senhora se oferece... Também eu não gosto de ouvir meias respostas que depois são normalmente um não redondo.
Eu sei o que dói ouvir nãos repetidos, sobretudo quando uma pessoa mais precisa. Espero que aproveites bem o dia, e se não puderes vir sozinha - vem com os filhotes que tb será um passeio giro e eles vão gostar de certeza. Lisboa está tão bonita .
Bjos
Imagem de perfil

De mimi a 27.03.2009 às 10:59

Acho que é isso que eu vou fazer, levá-los conosco.

Bjs

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D