Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Falar de Sexo com os Filhos

por mimi, em 29.02.08

Aqui está um tema deveras polémico e nada fácil de ser abordado.

Tendo um filho na pré-adolescência, em que já não se contenta com uma resposta vaga, as coisas complicam-se, para nós pais.

Isto é o que eu sinto, quando ele me faz uma pergunta. Porque a questão da sexualidade mudou tão rapidamente, nas últimas décadas, que deixa os pais "perdidos". Antigamente, e falo do meu caso pessoal, não colocávamos muitas dúvidas sobre o que era o correcto ou incorrecto na sexualidade.

Por isso, considero importante transmitir alguns valores, tais como: O respeito por si próprio e pela sua dignidade enquanto pessoa; o respeito pelo outro.

Tenho tentado responder a todas as questões de uma forma honesta e não preconceituosa.

A adolescência é uma fase da vida na qual a personalidade está na fase final de estruturação e a sexualidade insere-se nesse processo.

Vivemos num mundo onde o sexo é muito importante. Há mensagens sexuais por todo o lado, na rádio, , na TV, no cinema, nas revistas, na música, etc. E o sexo é usado para vender de tudo, desde champôs a automóveis.

Mas apesar de toda esta informação, os nossos filhos não ficam com muita informação útil, então acho que cabe aos pais dar esta informação.

Porque senão os jovens ficam com a ideia de que a sexualidade se resume ao acto em si da fecundação e termina aí.

Também acho que os adolescentes que compreendem a sua sexualidade estão mais aptos, um dia para lidarem com as suas vidas e relações amorosas. A compreensão da sexualidade ajuda-os a lidarem com os sentimentos e a pressão dos seus iguais. Também os auxilia a protegerem-se dos abusos sexuais e a evitar que se tornem sexualmente abusadores.

Ajudá-los a sentirem-se bem com a sua sexualidade, facilita-lhes a procura de informação e aconselhamento sobre sexo.

A grande dificuldade nisto tudo para os pais, está na melhor forma de lhes incutir esta informação de uma forma simples e clara.

E depois, qual é a melhor altura para lhes falar sobre o assunto?

No meu caso, aproveito sempre para isso quando o meu R. levanta alguma questão, que a bem da verdade, é quase todos os dias, ainda para mais ele este ano na escola e nas aulas tem falado muito sobre este tema. Então quase todos os dias, faz as mais diversas perguntas.

As nossas respostas enquanto pais, têm que ser simples, directas, sem subterfúgios.

Mas também todos sabemos, que às vezes as crianças fazem perguntas que nos deixam completamente desarmados.

É o que tem acontecido lá em casa nos últimos dias. Por exemplo, ontem o meu R. ao jantar vira-se para mim e pergunta: Mãe, tu só fizeste sexo com o pai, para ficares grávida de mim e do mano?

Claro que primeiramente fiquei aflita, e pensei: o que lhe hei-de responder? Mas depois as palavras fluíram e tentei ser o mais honesta e sincera possível.

(Fotos retiradas da internet)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2008
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2007
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2006
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D